Gino & Geno anunciam separação da dupla e novo Geno será apresentado em fevereiro

Conforme comunicado pelo empresário Waguinho, Geno fez o seu último show com Gino no último réveillon, na cidade de Cuiabá. No próximo dia 2 de fevereiro Gino estreia um show, já com um novo componente, o Mauro, que fazia dupla com Avaí, com o nome de Avante. Então, ele será o novo Geno da dupla, como a segunda voz.

E ainda conforme Waguinho, a nova dupla lançará um novo trabalho na próxima semana.

Waguinho explicou que o motivo da saída de Geno é que por que ele quis, está cansado, quer descansar, curtir a família, os netinhos, então resolveu parar. Porém, como existem 22 famílias que dependem da dupla, eles entenderam que é necessário continuar dando alegria para o povo e emprego para a equipe. Somado ao fato de que o Gino gosta muito de cantar, ele não quer parar. Vamos só trocar o Geno, e continuar na estrada, afirmou o empresário.

Gino & Geno é uma dupla sertaneja do Brasil que iniciou sua carreira na década de 1970 formada por Sebastião Ribeiro de Almeida (Divinópolis, 6 de setembro de 1945) e Geraldo Alves dos Santos (Divinópolis, 7 de outubro de 1946), cujo repertório inclui música sertaneja, música country, xotes e samba com letras bem humoradas e ritmos dançantes e animados. No passado, o maior sucesso da dupla foi “As Águas do São Francisco”.

Já pensaram em parar de cantar e a dupla teve uma pausa, e segundo os mesmos, foi graças ao cantor Rick, da dupla Rick & Renner que propôs produzir a dupla, e trazer de volta a dupla Gino e Geno que dispararam nas paradas de sucesso no ano de 2000. Atualmente, Gino e Geno voltaram à ativa, fazendo mais sucesso que no passado, chegando a gravar, inclusive, dois DVDs, sendo o CD e DVD Gino & Geno Ao Vivo em Sáo Bernardo do Campo, lançado em 10 de Abril de 2006, listado entre os 20 mais vendidos do Brasil.

Nos anos 2000, Gino e Geno reiniciaram com os hits “Ela Chorou de Amor” e “Coração Cigano“, que contou com a participação da dupla Rick & Renner. Outros sucessos são, entre outros, “Mulher Que Não Dá Voa“, “Eu Vou Beber Veneno“, “Bebo Pra Carai“, “Eu já fui de você“, “Que Bicho Que É“, “Acidente de Amor” e “A Galera do Chapéu“, além de gravar uma música em homenagem para a padroeira do Brasil Nossa Senhora Aparecida.

 

Colaboração: Joãozinho (WebNejo)